Rede Social do Café

T Ó P I C O : CNC atua para preservar recursos à cafeicultura brasileira

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5190

Visitas: 23.214.374

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

CNC atua para preservar recursos à cafeicultura brasileira


Autor: Leonardo Assad Aoun

67 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 16/10/2020 12:54:44


Leonardo Assad Aoun comentou em: 16/10/2020 12:49

 

CNC atua para preservar recursos à cafeicultura brasileira

 

BALANÇO SEMANAL — 05 a 09/10/2020

CNC atua para preservar recursos à cafeicultura brasileira

Conselho identificou risco que as PECs 186 e 188 trazem ao capital do Funcafé e conduziu posicionamentos com o relator, senador Márcio Bittar

O Conselho Nacional do Café (CNC), ao monitorar os trabalhos do Congresso Nacional, identificou que o texto das Propostas de Emenda à Constituição nº 186 e nº 188 trazem risco aos recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), principal fonte de recursos exclusiva ao setor.

Segundo a entidade, as duas PECs possuem dispositivos que abrem a possibilidade de desvio dos superávits anuais do Funcafé para amortização da dívida pública federal.

Com a intensificação das discussões sobre o lançamento do programa social Renda Cidadã, o CNC identificou que o relator, senador Márcio Bittar, está empenhado em agilizar a apresentação do relatório das PECs 186 e 188, o que pode acontecer já na próxima semana.

Diante disso, o presidente Silas Brasileiro se reuniu com Silvio Farnese, diretor do Departamento de Comercialização e Abastecimento, que é a seção dentro do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) responsável  pelo Fundo, para debater a ameaça e buscar um alinhamento para blindar o Funcafé. Ele levará a matéria para conhecimento do Secretário de Política Agrícola, César Halum, e da ministra Tereza Cristina.

O CNC também vem solicitando apoio às cooperativas associadas, aos demais segmentos da cadeia produtiva e, principalmente, da Frente Parlamentar do Café, em especial com o vice-presidente, deputado Evair de Melo.

“Seu gabinete está providenciando uma manifestação da bancada com base em nosso posicionamento. Também cremos que as entidades do agronegócio café se unirão a esse pleito, somando esforços na defesa do Funcafé”, conta.

O presidente do CNC conclui que, por ter sido constituído com recursos do setor privado, o saldo do Funcafé não pode ser desvirtuado da finalidade prevista na sua criação, que é apoiar o desenvolvimento da cadeia produtiva do café.

“Para isso, contamos também com o apoio de diversos senadores, capitaneados por Jorginho Mello, que teve papel importante para que preservássemos o Funcafé nos trâmites relacionados à PEC 187 (saiba mais)”, completa.

PONTOS DE ATENÇÃO

Abaixo, seguem os pontos críticos identificados pelo CNC no teor das Propostas de Emenda à Constituição em relação aos riscos para o Funcafé.

PEC 186 (Art. 3o - §1o -Inciso II): destinação do excesso de arrecadação e do superávit financeiro das fontes de recursos, apurados nos orçamentos fiscal e da seguridade Social da União, com exceção do excesso de arrecadação e do superávit financeiro decorrentes de vinculação constitucional e de repartição de receitas com Estados, Distrito Federal e Municípios, à amortização da dívida pública federal.

PEC 188 (Art. 7º): o excesso de arrecadação e o superávit financeiro das fontes de recursos, apurados nos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, com exceção daqueles decorrentes de vinculação constitucional e de repartição de receitas com Estados, Distrito Federal e Municípios, serão destinados à amortização da dívida pública federal.

Mais informações para a imprensa

Assessoria de Comunicação CNC

Paulo André C. Kawasaki

(61) 3226-2269 / imprensa@cncafe.com.br

Visualizar | |   Comentar     |  



1