Rede Social do Café

T Ó P I C O : Descubra o seu tipo ideal de café

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5166

Visitas: 22.768.809

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Descubra o seu tipo ideal de café


Autor: Leonardo Assad Aoun

55 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 29/06/2020 18:33:08


Leonardo Assad Aoun comentou em: 29/06/2020 18:34

 

Descubra o seu tipo ideal de café

 

Descubra o seu tipo ideal de café

Por Ray Santos/Jornal Dia Dia

Forma de preparo altera o sabor e faz cada uma das modalidades ter um gostinho único

Por SEO Marketing – Foto: Google

O café é a bebida preferida da maioria dos brasileiros. Um estudo realizado pela Aocubo Pesquisa sugere que o café é a segunda bebida mais consumida no Brasil, ficando atrás apenas da água. Estima-se que, em média, cada pessoa no Brasil consuma 3 ou 4 xícaras de café por dia.

A mesma pesquisa indica que a cultura do café está presente em cerca de 98% dos lares brasileiros e que ela tem um papel social fundamental. Encontros de trabalho, reuniões e recepção de visitas em casa quase sempre giram em torno de uma xícara de café.

O grão torrado e moído é o campeão na preferência nacional, aproximadamente 79% do café consumido no país é feito a partir dessa variante. Mas existem muitas formas de preparar e degustar o tão amado cafezinho. Vamos falar de algumas delas aqui e ajudar você a escolher seu tipo ideal e conhecer novas formas de apreciar a bebida.

Cafeteira italiana

A cafeteira italiana, conhecida como moka, foi por muito tempo uma das formas mais celebradas de preparar o famoso café. A cafeteira tem três compartimentos: o fundo, onde se coloca a água; o médio, onde fica o pó do café; e o topo, onde fica o café pronto. O preparo é simples, o vapor d’água sobe e se mistura com o pó. A água é condensada na mistura, o que produz o café pronto.

Muitos consideram essa uma forma de café expresso porque envolve a pressão do vapor. Esse método resulta em um café encorpado, levemente amargo e com pouca acidez. Ideal para quem gosta de café com sabor consistente. Deve-se evitar pós muito finos no preparo, pois eles impedem a passagem do vapor.

Prensa francesa

Outra forma de preparo clássica é utilizando a prensa francesa. O procedimento é um pouco mais simples. Mistura-se o café com a água quente e deixa a mistura descansar por alguns minutos. Depois, basta pressionar um êmbolo para baixo e aguardar a filtragem.

O café ao estilo francês é conhecido por ter um retrogosto que lembra baunilha e chocolate meio amargo.

Cafeteira pressca

Já a pressca é uma modalidade de cafeteira portátil e 100% brasileira. Para o preparo, basta que se misture o pó do café com a água quente. Após, deixa-se a mistura descansar e, em seguida, o êmbolo de pressão é pressionado. O café está pronto. Esse método permite que os óleos essenciais do café se acentuem. É o tipo ideal para quem gosta de café com gostinho de Brasil.

Café coado

Outro favorito, e o mais comum, é o café coado. Seja no filtro de papel ou no filtro de pano, o ritual desse preparo envolve a simples despeja da água quente no filtro com café. O caráter nostálgico desse preparo é um fator importante para muitos dos apreciadores que adoram o cheirinho de café que envolve todo o ambiente durante seu fazimento.

A desvantagem é que o filtro retém quase todos os óleos essenciais do grão, roubando parte do seu sabor. A dica é utilizar pó de moagem mais fina para que não se perca tanto as qualidades aromáticas no seu preparo.

Café expresso

Existe também o café expresso. E ele requer uma máquina própria para o seu preparo. O método consiste em um processo de pressurização entre o pó de café e a água quente. O sabor é mais encorpado que o do café coado. Além do expresso puro, ele é também o café utilizado na preparação de bebidas à base de café e leite, como o cappuccino, o latte e o macchiato.

Já a diferença entre esses três está na proporção entre os seus elementos componentes. Enquanto o cappuccino é feito com ⅓ de café expresso, ⅓ de leite vaporizado e ⅓ de vapor de leite vaporizado; o latte é feito com ⅓ de expresso e ⅔ de leite vaporizado — a espuma não entra na proporção e vai por cima, o que deixa o latte menos cremoso que o cappuccino. Por fim, o macchiato consiste no expresso com espuma de leite vaporizado por cima e é o mais forte entre os três.

Com tantas opções, fica fácil alimentar a paixão por esse grão de aroma tão particular e cativante. Difícil é escolher um só!

SEO Marketing Comunications

Visualizar | |   Comentar     |  



1