Rede Social do Café

T Ó P I C O : Café: Após altas na última sessão, Bolsa de Nova York abre com poucas movimentações

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5126

Visitas: 22.183.892

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Café: Após altas na última sessão, Bolsa de Nova York abre com poucas movimentações


Autor: Leonardo Assad Aoun

26 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 14/02/2020 10:35:01


Leonardo Assad Aoun comentou em: 14/02/2020 10:30

 

Café: Após altas na última sessão, Bolsa de Nova York abre com poucas movimentações

 

O mercado futuro do café arábica iniciou a sessão desta sexta-feira (14) com movimentações técnicas na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Os principais contratos registraram na última sessão altas expressivas, após várias sessões de baixas ou poucas movimentações. 

Às 8h50 (horário de Brasília), março/20 tinha queda de 40 pontos, cotado a 104,05 cents/lbp, maio/20 desvalorizava 40 pontos, valendo 106,30 cents/lbp, julho/20 registrava baixa de 25 pontos, cotado a 108,50 cents/lbp, setembro/20 registrava queda de 30 pontos, valendo 110,45 cents/lbp. 

Após as altas da última sessão, o site internacional Barchart destacou as questões cambiais desta quinta-feira (13) para justificar as altas em Nova York. "O real brasileiro subiu 0,25% em relação ao dólar na quinta-feira, depois que o banco central do Brasil leiloou US $ 1 bilhão em swaps cambiais para aumentar o real", afirmou em sua análise diária. 

Para Lucio Dias, Superintendente Comercial Cooxupé, na próxima semana o mercado tende a continuar com movimentações de recuperação e alta. "Na minha opinião, nós estamos com uma posição muito vendida dos fundos de mercado para março e logo na semana que vem já começa a entrega dos cafés para março", afirma. 

No Brasil, o mercado físico interno, como de costume acompanhou as movitações do exterior e também encerrou com expressivas altas nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 duro teve alta de 4,17% em Araguarí/MG, estabelecendo os preços por R$ 500,00. Guaxupé/MG registrou alta de 3,13%, cotado a R$ 495,00. Poços de Caldas/MG registrou valorização de 1,71%, cotado a R$ 475,00. Patrocínio/MG registrou alta de 1,06%, por R$ 475,00. Varginha/MG subiu 1,03%, valendo R$ 490,00. Em Franca/SP teve valorização de 2,08% e encerrou as negociações por R$ 490,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 2,91%, em Guaxupé/MG estabelecendo os valores por R$ 530,00. Poços de Caldas/MG teve alta de 1,50%, cotado a R$ 541,00. Patrocínio/MG subiu 0,96%, valendo R$ 525,00 e os mesmos valores foram registrados em Varginha/MG. 

O tipo 4/5 registrou alta de 2,04% em Franca/SP, por R$ 500,00, Varginha/MG registrou alta de 1,02%, por R$ 495,00. Poços de Caldas/MG encerrou as negociações por R$ 1,68%, cotado a R$ 485,00.

Por: Virgínia Alves

Visualizar | |   Comentar     |  



1