Rede Social do Café

T Ó P I C O : MERCADO DE CAFÉ - ESCRITÓRIO CARVALHAES, QUARTA-FEIRA (07)

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5207

Visitas: 23.839.475

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

MERCADO DE CAFÉ - ESCRITÓRIO CARVALHAES, QUARTA-FEIRA (07)


Autor: Leonardo Assad Aoun

76 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 08/04/2021 11:00:07


Leonardo Assad Aoun comentou em: 08/04/2021 10:54

 

MERCADO DE CAFÉ - ESCRITÓRIO CARVALHAES, QUARTA-FEIRA (07)

 

Santos, 07 de abril de 2021 – quarta-feira

A bolsa de café de N.Y. fechou em baixa de 10 pontos, a US$ 1,2675 por libra peso nos contratos com vencimento em maio próximo.

O dólar fechou hoje a R$ 5,6430 (alta de 0,79%).

Mercado físico de café:

Os contratos de café na ICE em NY oscilaram menos hoje, trabalharam perto da estabilidade. Os para maio fecharam com queda de 10 pontos a US$ 1,2675 por libra peso. Ontem fecharam em alta de 475 pontos.

Preocupações com o abastecimento futuro mundial e também chuvas abaixo das médias históricas sobre os cafezais brasileiros nestes primeiros meses de 2021, deram sustentação aos preços. 

No mercado cambial brasileiro, hoje o cenário brasileiro, com críticas do presidente Bolsonaro sobre a gestão anterior da Petrobrás, acabou levando o dólar a subir frente ao real. Encerrou o dia em alta de 0,79% a R$ 5,6430. Ontem o dólar recuou 1,41% frente ao real.. 

Em reais por saca, os contratos para maio próximo em NY fecharam hoje valendo R$ 946,13. Ontem fecharam a R$ 939,50. Na quinta-feira passada, véspera do feriado de Sexta-Feira Santa, fecharam a R$ 919,27. 

Com o dólar em alta e NY estável, mantendo a forte alta de ontem, no mercado físico brasileiro os compradores aumentaram mais uma vez o valor de suas ofertas. Houveram alguns negócios, mas a maior parte dos produtores continuou fora do mercado. O mercado permaneceu calmo. Os produtores demonstram não querer vender nas bases de preços atuais.

O mercado físico brasileiro permanece firme e comprador, com muita procura por todas as qualidades de café. Os negócios não saem porque os preços oferecidos pelos compradores são recusados pelos cafeicultores.

Uma frente fria avança pela costa do Brasil e leva chuva ao Espírito Santo, Zona da Mata e sul da Bahia. Em cinco dias, o acumulado oscilará entre 15mm e 30mm no Espírito Santo e Zona da Mata e entre 30mm e 50mm no sul da Bahia. Por outro lado, não há previsão de chuva significativa e as madrugadas ficarão mais frias no Cerrado, sul de Minas Gerais, São Paulo e Paraná até o domingo. No decorrer da semana que vem, entre segunda e sexta-feira, a chuva espalhará pela Mogiana e Minas Gerais, além de permanecer sobre o Espírito Santo e sul da Bahia. De uma forma geral, estima-se algo entre 15mm e 30mm na maior parte das áreas produtoras. No Cerrado, deverá chover mais de 30mm. No início do segundo decêndio de abril, a chuva enfraquecerá na Mogiana e no Cerrado e prosseguirá sobre o Espírito Santo, Zona da Mata e sul de Minas Gerais. Chama-se a atenção para a previsão de pouca chuva nos próximos 15 dias na Alta Paulista e nordeste do Paraná com tendência de diminuição da umidade do solo (SOMAR Meteorologia).

Temos selecionado e colocado diariamente em nosso site notícias e informações sobre o mercado de café e os impactos que vêm recebendo da crise mundial com a COVID – 19.

O Escritório Carvalhaes continua trabalhando em regime parcial de home office.  

FECHAMENTO DA BOLSA DE NEW YORK: 07/04/2021

MAIO/21 126,75 -10

JULHO/21 128,70 0

SETEMBRO/21 130,60 +5

DEZEMBRO/21 133,05 +15

MARÇO/22 135,10 +20

MAIO/22 136,10 +20

Saudações,

Escritório Carvalhaes

Visualizar | |   Comentar     |  



1