Rede Social do Café

T Ó P I C O : Programa ATeG Café premia 21 produtores de destaque em Minas Gerais

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5207

Visitas: 23.840.048

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Programa ATeG Café premia 21 produtores de destaque em Minas Gerais


Autor: Leonardo Assad Aoun

55 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 05/03/2021 10:18:41


Leonardo Assad Aoun comentou em: 05/03/2021 10:17

 

Programa ATeG Café premia 21 produtores de destaque em Minas Gerais

 

Banner-YouTube-Destaques-ATeG-Cafe (1200 x 735)

O Programa de Assistência Técnica e Gerencial – ATeG Café vai apresentar 21 novos campeões em 9 de março. A Premiação Destaques ATeG Café marca o encerramento do ciclo de quatro anos dos grupos pioneiros do programa em Minas Gerais premiando o cafeicultor destaque de cada grupo. O evento será transmitido pelo canal do Sistema FAEMG/SENAR/INAES no YouTube.

 

O objetivo é apresentar os resultados positivos do trabalho e mostrar que a aposta de 2016 do SENAR em assistência técnica e gerencial se consolidou como receita de sucesso para o produtor. O ponto alto da cerimônia será a premiação dos cafeicultores com melhores resultados. A primeira turma do ATeG provou que a combinação de conhecimento e trabalho gera lucro e produtividade, além da continuidade dos negócios no campo.

A abertura da premiação, que inicia às 18h, será feita pelo presidente do Sistema FAEMG, Roberto Simões, e o encerramento ficará a cargo do superintendente do SENAR MINAS, Christiano Nascif. O gerente regional de Sete Lagoas e coordenador do segmento, Harrison Belico, apresentará os resultados de 2016 a 2020. Para assistir, basta acessar www.youtube.com/sistemafaemg.

Impacto

O Programa ATeG – Café começou com 600 propriedades, atendidas por 21 técnicos de campo e quatro supervisores nas regiões Sul e Matas de Minas. O aumento da produção foi, nitidamente, o principal impacto nos negócios, conforme Harrison Belico. “Os produtores tornaram-se mais eficientes, com melhoria na utilização da área da propriedade por cadeia produtiva, otimização de recursos e da mão de obra da atividade”, explica.

Para o superintendente do SENAR MINAS, Christiano Nascif, a gestão dos indicadores econômicos das propriedades rurais são medidas que permitem planejar um futuro melhor para a empresa rural, seja ela de pequena, média ou alta produção. “O importante é o produtor agir e acreditar que a assistência técnica e gerencial do Sistema FAEMG é capaz de transformar vidas, como observamos através dos resultados alcançados e dos diversos relatos dos participantes”, avalia.

Fonte: Senar Minas/CCCMG

Visualizar | |   Comentar     |  



1