Rede Social do Café

T Ó P I C O : Mais uma boa notícia sobre o café: a bebida auxilia organismo a não absorver gordura

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5161

Visitas: 22.395.164

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Mais uma boa notícia sobre o café: a bebida auxilia organismo a não absorver gordura


Autor: Leonardo Assad Aoun

84 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 26/03/2020 17:42:10


Leonardo Assad Aoun comentou em: 26/03/2020 17:34

 

Mais uma boa notícia sobre o café: a bebida auxilia organismo a não absorver gordura

 

Estudo mostrou que o consumo da bebida reduz ganho de peso e gordura corporal

Com o consumo de café, houve diminuição de 20%%20a 40%%20no acúmulo de lipídios nas células adiposas (Foto: Clay Banks/Unsplash)
Com o consumo de café, houve diminuição de 20% a 40% no acúmulo de lipídios nas células adiposas (Foto: Clay Banks/Unsplash)

Os benefícios do café são pouco contestados. Existe um grande número de estudos que os comprovam, como redução do risco de câncer, diabetes tipo 2 e doença de Parkinson. Para completar a lista, pesquisas recentes da Universidade de Illinois indicam que a cafeína parece retardar o ganho de peso de uma dieta obesogênica (que faz ganhar peso), reduzindo o armazenamento de lipídios nas células adiposas e a produção de triglicerídeos.

Durante quatro semanas, os pesquisadores alimentaram diferentes grupos de ratos com a mesma dieta: 40% de gordura, 45% carboidratos e 15% de proteína. Alguns dos roedores ingeriram também o equivalente a quatro xícaras de café por dia de fontes variadas.

Após o período, os ratos que consumiram cafeína ganharam 16% menos peso e adicionaram 22% menos gordura corporal do que os que não consumiram cafeína.

Para determinar por que isso aconteceu, os pesquisadores expuseram células adiposas de ratos à cafeína. Como consequência houve diminuição de 20% a 40% no acúmulo de lipídios nas células adiposas.

Eles então rastrearam a expressão de genes associados ao metabolismo lipídico e à obesidade. O resultado foi produção menor de colesterol de lipoproteínas de baixa densidade e triglicerídeos no fígado.

Isso significa, em termos leigos, que o consumo de cafeína aliviou o impacto negativo de uma dieta rica em açúcar e gordura na composição corporal.

Mas quatro xícaras não é muito?

A sabedoria convencional diz que beber quatro xícaras de café por dia significa quadruplicar a quantidade tida como saudável. E é aqui que os dilemas da ciência se encontram.

Embora a tolerância à cafeína seja diferente de pessoa para pessoa, estudos mostram que beber de três a cinco xícaras de café por dia não representa risco à saúde - de quem não possui doenças crônicas -, outros dizem que os maiores benefícios são aproveitados por quem toma de seis a oito xícaras de café.

Fato é que, se não há dúvida sobre os benefícios da bebida, existem muitas sombras no que diz respeito à quantidade.

No caso do estudo realizado pela Universidade de Illinois, a cafeína pode ser considerada um agente antiobesidade. Seus resultados podem ser dimensionados para seres humanos a fim de entender o papel da cafeína como potencial estratégia de prevenção de ganho de peso indesejado - bem como os subsequentes distúrbios metabólicos associados a condições de sobrepeso e obesidade.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Visualizar | |   Comentar     |  



1