Rede Social do Café

T Ó P I C O : Experiência de sabores e saberes

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5183

Visitas: 23.107.213

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Experiência de sabores e saberes


Autor: Leonardo Assad Aoun

208 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 02/12/2019 11:35:00


Leonardo Assad Aoun comentou em: 02/12/2019 11:38

 

Experiência de sabores e saberes

 

Rota Verde do Café, no Maciço de Baturité, vai muito além do sabor da bebida. A história e a cultura das cidades da região também fazem o roteiro ser muito convidativo.

1

Percorrer as plantações de café é um dos atrativos da Rota Verde do Café, que abrange quatro municípios do Ceará.Agência Diário

No roteiro, o turista percorre as plantações de café, cultivado à sombra da mata, conhece o beneficiamento e degusta a bebida livre de produtos químicos, 100% arábica. Além disso, tem a experiência de ver de perto como é produzido o café, conhecer um pouco da história das famílias, proprietárias dos sítios de café e condutoras dessa viagem pelo mundo da bebida.

A Rota Verde do Café foi criada em 2015, fomentando o turismo na região da Ibiapaba, a partir da integração da cadeia de serviços e de produção de café. “Nós desenvolvemos esses equipamentos, cada um enfocando um aspecto, gerando um conjunto de informações históricas, de produção, de comercialização, além de formação e desenvolvimento local”, explica Fabiana Gizele, Articuladora do Escritório Regional do Sebrae Baturité.

As cidades que compõem o roteiro são Mulungu, Guaramiranga, Pacoti e Baturité, que contêm atrativos que representam um pouco da história da produção cafeeira da região. Os principais pontos turísticos são: o Museu Ferroviário de Baturité, o Sítio Águas Finas, o Sítio São Luís, a Fazenda Floresta e o Sítio São Roque. 

 

“Nós desenvolvemos esses equipamentos, cada um enfocando um aspecto, gerando um conjunto de informações históricas, de produção, de comercialização, além de formação e desenvolvimento local”, explica Fabiana Gizele, Articuladora do Escritório Regional do Sebrae Baturité.

 

Em 2016, foram incorporados à rota outros atrativos que não estão relacionados ao café, mas completam a experiência na Serra da Ibiapaba, como a Casa de Caboclo, o Sítio Espatódea e o Vale da Biodiversidade.

Conheça mais sobre a Rota Verde do Café no Caderno Especial Rotas do Ceará, que será publicado no dia 12 de dezembro, pelo Diário do Nordeste.

O Rotas do Ceará é um projeto comercial do Diário do Nordeste com apoio do Governo do Estado do Ceará e parceria do Sebrae.

Fonte: Diário do Nordeste

Visualizar | |   Comentar     |  



1