Rede Social do Café

T Ó P I C O : Café arábica tem curtas oscilações nesta 4ª na Bolsa de Nova York após alta na véspera

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5093

Visitas: 21.471.115

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Café arábica tem curtas oscilações nesta 4ª na Bolsa de Nova York após alta na véspera


Autor: Leonardo Assad Aoun

63 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 15/05/2019 15:37:46


Leonardo Assad Aoun comentou em: 15/05/2019 15:50

 

Café arábica tem curtas oscilações nesta 4ª na Bolsa de Nova York após alta na véspera

 

Os futuros do café arábica trabalham próximos da estabilidade nesta tarde de quarta-feira (15) na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado se acomoda tecnicamente depois de alta na sessão anterior, reconquistando o patamar de 90 cents/lb.

Por volta das 12h15 (horário de Brasília), o vencimento julho/19 tinha alta de 5 pontos, a 91,00 cents/lb. Já o contrato setembro/19 recuava 5 pontos, a 93,30 cents/lb e o dezembro/19 trabalhava com baixa de 10 pontos, a 96,75 cents/lb.

O mercado externo o arábica opera em estreitas margens na sessão desta quarta-feira depois de reação de mais de 100 pontos na vésperando, com retorno do patamar de 90 cents/lb. Ajustes técnicos e oscilações cambiais deram suporte aos preços externos.

Os futuros da variedade na ICE agora se acomodam ante os ganhos na sessão anterior, mas estão no campo misto. As leves quedas em alguns vencimentos também têm influência do câmbio. Às 12h24, o dólar comercial avançava 0,63%, a 4,001 na venda.

A moeda estrangeira avança acompanhando um cenário de aversão ao risco com dados fracos da China e queda nas vendas no varejo dos EUA, segundo a Reuters. O dólar mais alto em relação ao real tende encorajar as exportações, mas pesa sobre os preços.

"A frustração das expectativas faz preço e se soma ao cenário de alta tensão no âmbito comercial, alimentando a falta de 'coragem' de investidores em ensaiar uma recuperação mais expressiva dos principais ativos de risco globais após delicadas sessões recentes", disse a corretora H.Commcor em nota.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 385,00 a saca de 60 kg em Guaxupé (MG) e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 378,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião

Visualizar | |   Comentar     |  



1