Rede Social do Café

T Ó P I C O : Café: Cotações do arábica operam em baixa nesta tarde de 3ª feira em NY e revertem ganhos da véspera

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5033

Visitas: 20.438.496

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Café: Cotações do arábica operam em baixa nesta tarde de 3ª feira em NY e revertem ganhos da véspera


Autor: Leonardo Assad Aoun

16 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 10/07/2018 16:28:26


Leonardo Assad Aoun comentou em: 10/07/2018 16:43

 

Café: Cotações do arábica operam em baixa nesta tarde de 3ª feira em NY e revertem ganhos da véspera

 

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) seguem em baixa nesta tarde de terça-feira (10), mas reduzem parte das perdas da manhã. O mercado realiza ajustes técnicos depois da alta de cerca de 100 pontos na véspera e acompanha informações sobre a safra brasileira 2018/19.

Por volta das 12h25 (horário de Brasília), o contrato setembro/18 registrava queda de 30 pontos, a 114,75 cents/lb, enquanto o dezembro/18 anotava 118,20 cents/lb com recuo de 30 pontos. Já o março/19 caía 30 pontos, a 121,80 cents/lb, enquanto o maio/19 tinha queda de 55 pontos, a 123,95 cents/lb.

O mercado do arábica vem de duas altas consecutivos nos últimos dias. Agora, no entanto, ajustes técnicos naturais são registrados. Além disso, segundo destaque o site internacional Agrimoney, operadores no terminal também voltaram a olhar com mais atenção a safra 2018/19 do Brasil, maior produtor mundial.

"O tempo continua bom para a colheita", disse ao site Jack Scoville, analista e vice-presidente da Price Futures Group, acrescentando que "não há chuva na previsão para a próxima semana".

De acordo com levantamento da Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé), a colheita de café da safra 2018/19 na área de abrangência da cooperativa registrou 38,74% até o dia 6 de julho, ante 45,50% em igual período de 2017. Esse é o ritmo mais lento desde 2015.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 445,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP), em Guaxupé (MG) os preços estavam cotados a R$ 453,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 446,00 a saca.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Jhonatas Simião

Visualizar | |   Comentar     |  



1