Rede Social do Café

T Ó P I C O : Embarque de café solúvel rende US$ 230 milhões no acumulado de 2018

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5050

Visitas: 20.429.837

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Embarque de café solúvel rende US$ 230 milhões no acumulado de 2018


Autor: Leonardo Assad Aoun

41 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 13/06/2018 19:08:33


Leonardo Assad Aoun comentou em: 13/06/2018 19:24

 

Embarque de café solúvel rende US$ 230 milhões no acumulado de 2018

 

cafe-soluvel-nestle-getty-images-800x445

A remessa de café solúvel brasileiro ao exterior apresentou declínio de 15% em maio de 2018 na comparação com o mesmo mês do ano anterior. O volume saiu de 275.522 sacas para as atuais 233.566 sacas. Em relação à receita cambial, o segmento gerou US% 37,315 milhões no mês passado, com declínio de 29% frente a maio de 2017. Os dados constam no Relatório Mensal de Exportações do Cecafé e foram compilados pela Abics.

 

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel, a queda observada em volume e receita no mês passado é reflexo da paralisação dos caminhoneiros no Brasil, que deve ter impossibilitado os embarques de aproximadamente 50 mil sacas no período.

No acumulado de 2018, a exportação de café solúvel do Brasil totaliza 1,374 milhão de sacas, gerando uma receita da ordem de US$ 230,119 milhões. Esse desempenho coloca o segmento na segunda colocação entre os tipos de café embarcados no ano, respondendo por 11,5% do total, atrás apenas da variedade arábica (86,7%). O melhor preço médio do produto, nos cinco primeiros meses do ano, ficou em US$ 167,48 por saca.

PRINCIPAIS DESTINOS
Os principais compradores do café solúvel brasileiro de janeiro a maio são: (i) Estados Unidos, com a aquisição de 222.832 sacas de 60 kg (US$ 34,869 milhões); Rússia, com 149.221 sacas (US$ 26,267 milhões); Japão, com 124.056 sacas (US$ 27,994 milhões); Argentina, com 112.900 sacas (US$ 15,373 milhões); e Indonésia, com a importação de 106.403 sacas (US$ 15,885 milhões) do produto nacional.

Clique aqui e confira o relatório completo no site da Abics.

Fonte: Abics via CNC/CCCMG

Visualizar | |   Comentar     |  



1