Rede Social do Café

T Ó P I C O : Sindicato de Manhuaçu (MG) e Senar começam ano com cursos de Barista

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5030

Visitas: 20.314.093

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Sindicato de Manhuaçu (MG) e Senar começam ano com cursos de Barista


Autor: Leonardo Assad Aoun

47 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 09/02/2018 10:42:47


Leonardo Assad Aoun comentou em: 09/02/2018 07:29

 

Sindicato de Manhuaçu (MG) e Senar começam ano com cursos de Barista

 

A programação de treinamentos oferecidos pelo Sindicato de Produtores Rurais de Manhuaçu em parceria com o Senar Minas começou 2018 com três cursos de Barista. A grande demanda do sindicato é por capacitações e qualificações vinculadas à cafeicultura, importante atividade econômica da região. O município integra as Matas de Minas, origem produtora de cafés especiais composta por 63 cidades.

 

O objetivo do curso de Barista é ensinar a preparar cafés especiais, utilizando diferentes métodos e seguindo os parâmetros internacionais de qualidade. “E, além disso, entender que, por trás de cada xícara de café, existe uma série de pessoas que cuidadosamente trabalhou para que aquele café chegasse até suas mãos”, contou o instrutor Júlio César Caldeira Barbosa.

Vinte pessoas, a maioria pequenos produtores, puderam se aproximar da parte do preparo e do consumo do café para entender como o produto resulta na xícara e, a partir disso, aprender o que é possível fazer para melhorar a qualidade e o valor do produto.

Ao oferecer um primeiro contato com a profissão, o aluno aprende todo o caminho percorrido pelo café, do plantio até a colheita, tendências de consumo, qualidade do café, fatores que influenciam a qualidade, equipamentos, café filtrado e expresso, moagem, bebidas clássicas à base de café expresso e leite vaporizado, limpeza e outros temas. São 16 horas de curso.

De acordo com o instrutor, o mercado hoje está em constante expansão. “Sobretudo o de cafés de qualidade, o que faz surgir novos postos de trabalho, como o de barista, com o aumento da produção e do consumo”, afirmou. Além disso, os consumidores de café estão mais exigentes. “Cada vez mais procuram por locais que ofereçam cafés de alta qualidade e bem preparados”, completou.

Os cursos de Barista em Manhuaçu também tiveram a parceria da cafeteira Café do Sonho e da empresa Hebron.

Satisfação em melhorar a vida do produtor

JePCJNk

A responsável por formar as turmas a serem capacitadas pelos instrutores do Senar é a mobilizadora Isaura Paixão, que atua junto ao Senar Minas há cerca de 20 anos. De acordo com ela, cursos na área de cafeicultura são a principal demanda em virtude da vocação cafeeira da região, em especial os cursos de degustação e classificação de café.

“A demanda é muito grande e às vezes esbarramos em dificuldades para levar a capacitação ao produtor e trabalhador rural, mas gosto de fazer esse trabalho, de estar presente e envolvida com o homem do campo. É uma enorme satisfação saber que estou ajudando as pessoas a melhorarem e a buscarem qualidade. Temos feito a diferença e já há inúmeros bons resultados”, afirmou.

Paralelamente ao trabalho no Sindicato de produtores Rurais de Manhuaçu e Senar, Isaura também atua desde 2004 junto ao Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Manhuaçu, do qual já foi presidente e hoje é secretária executiva.

Fonte: Assessoria de Comunicação Senar – Regional Viçosa (Por Nathalie Guimarães)/CCCMG

Visualizar | |   Comentar     |  



1