Rede Social do Café

T Ó P I C O : Café: Bolsa de Nova York estende ganhos nesta manhã de 4ª feira e se aproxima de US$ 1,40/lb

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 4972

Visitas: 19.406.233

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Café: Bolsa de Nova York estende ganhos nesta manhã de 4ª feira e se aproxima de US$ 1,40/lb


Autor: Leonardo Assad Aoun

27 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 13/09/2017 10:33:13


Leonardo Assad Aoun comentou em: 13/09/2017 07:28

 

Café: Bolsa de Nova York estende ganhos nesta manhã de 4ª feira e se aproxima de US$ 1,40/lb

 

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com alta de mais de 150 pontos nesta manhã de quarta-feira (13) e estão próximos do patamar de US$ 1,40 por libra-peso. O mercado passou a assimilar com maior força as condições das lavouras brasileiras que vão produzir na safra 2018/19 e com isso subiu mais de 300 pontos na véspera.

Por volta das 09h24 (horário de Brasília), o contrato setembro/17 estava cotado a 133,80 cents/lb com alta de 320 pontos – fechamento da sessão anterior, o dezembro/17 subia 170 pontos, a 136,75 cents/lb. O contrato março/18 operava com avanço de 175 pontos e estava sendo negociado a 140,25 cents/lb e o maio/18 tinha avanço de 145 pontos, cotado a 142,30 cents/lb.

Existia a expectativa dentre os operadores de que a próxima safra do Brasil poderia ter produção recorde. "As preocupações contínuas com o clima mais seco do que o normal no Brasil elevaram os preços", disse à Reuters Judith Ganes, presidente da J. Ganes Consulting. Mapas climáticos dos principais institutos meteorológicos apontam que o clima deve continuar quente e seco na maioria das áreas produtoras do Brasil nesta semana.

No Brasil, por volta das 09h20, o tipo 6 duro era negociado a R$ 460,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis a R$ 455,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam sendo cotados a R$ 445,00 a saca. Poucos negócios são vistos nas praças de comercialização do país.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Visualizar | |   Comentar     |  



1